Logo Projeto DSD Consultores

Administração, Finanças, Planejamento - 03/08/2021

Você sabe para onde está caminhando com o seu negócio?

Para ter sustentabilidade nos negócios é preciso aprender a criar cenários para o futuro.

Eu costumo dizer aos empresários que conversam comigo e nas minhas palestras que para ter sustentabilidade nos negócios é preciso criar cenários para o futuro. Mas, embora essas pessoas concordem e se motivem com tal orientação, percebo que há uma grande dificuldade em colocar isso em prática. Não que seja algo complicado; na realidade pode ser até simples. O que torna essa prática desafiadora é a decisão de cada indivíduo quanto à mudança em sua forma de gerir o negócio.

Para criar cenários para o futuro do negócio, é preciso entender primeiro a situação da empresa no presente. E eu não estou falando de saber se existem problemas financeiros; é necessário ter uma ideia geral do que acontece no financeiro! Eu me refiro à compreensão dos números do negócio. Ou seja: compreender a causa dos problemas financeiros que gera a falta de dinheiro para pagar as contas.

A falta de liquidez na prática

Na maioria das vezes, as empresas perdem liquidez simplesmente por falta de organização financeira e estratégia. O ambiente pode ser organizado, os processos de produção e venda podem seguir critérios bem definidos… mas se o departamento financeiro não tiver o registro de todas as transações, bem como de suas respectivas justificativas (o que entrou e saiu, quando, quanto e porquê), a desorganização financeira o impedirá de acertar em decisões estratégicas.

Assim acontece por não respeitarem as datas de pagamento e de recebimento; pelo dinheiro do caixa (que é a liquidez do negócio) ser usado desavisadamente; pelo fato do estoque prender recursos que não estão sendo utilizados… Enfim, pequenos deslizes de gestão são cometidos diariamente e, de forma quase imperceptível, provocam buracos no caixa e criam novas dívidas (empréstimos com juros, por exemplo).

3 passos para o futuro do negócio

Como eu mencionei no início, o primeiro passo para mudar a história do seu negócio, é a sua decisão. Pense em como você quer estar daqui a 5 anos. Suas ações e a sua atual gestão estão alinhadas a essa expectativa?

O segundo passo é organizar as finanças. Para isso, você vai precisar de um fluxo de caixa com plano de contas gerencial e estabelecer uma rotina de registro e controle diários das movimentações. Isso vai ajudá-lo a enxergar os pontos de perda de liquidez para corrigi-los. Por vezes, você perceberá que é só ajustar algumas datas. Em outros casos, verá a necessidade de renegociar formas de pagamento, por exemplo. Seja lá qual for o seu caso, o importante é identificar as causas do problema financeiro e tomar atitudes embasadas em fatos e números reais.

O terceiro passo é preparar o financeiro para o futuro do negócio, que é o que eu chamo de criar cenários. Oriente-se por comparações entre o que foi previsto e o que foi realizado e pelos lançamentos futuros. Observar o comportamento financeiro da empresa, ter controle de tudo o que entra e sai e contar com estimativas coerentes a curto e médio prazos viabilizarão o seu planejamento estratégico.

Criar cenários como um estilo de gestão

Há uma frase bastante conhecida que diz que pra quem não sabe aonde quer ir, qualquer caminho serve. Isso explica por que tantos empresários caminham para a quebra da empresa sem perceber. Lembre-se de que o sucesso depende das nossas escolhas, então precisamos ter um caminho bem definido para alcançá-lo.

Em termos práticos, isso significa planejar ações que levem o negócio ao objetivo almejado, considerando a sua realidade. Sendo assim, recomendo que, após organizar as finanças, você use as informações do seu fluxo de caixa para se preparar com antecedência para imprevistos e, em paralelo, planejar novos investimentos.

Independentemente de qual seja o caminho que você decida traçar, o importante é sempre se manter atento aos resultados (diariamente). Se estiverem de acordo com o previsto, você saberá que está no caminho certo e poderá prosseguir; se não estiverem alinhados com o plano, você terá o comparativo (previsto x realizado) para mostrar o que precisa ser ajustado a fim de se manter no rumo pré-definido.

Essa deve ser uma constante na vida empreendedora de quem sabe onde quer chegar. Portanto, se você quiser prosperar e estiver disposto a sair da sua zona de conforto para reescrever o futuro do negócio, coloque ordem no seu financeiro e inclua essa rotina de cuidados para a criação de cenários em sua gestão. Você se surpreenderá com o que é capaz de realizar!

.

Foto: Pexels

Escrito por:
Francisco Barbosa Neto

Diretor da DSD Consultores, iniciou sua atividades em 1989 com atuação em Gestão Empresarial. Como consultor, tem ajudado as pessoas a não perderem dinheiro com o seu negócio, mostrando uma nova maneira de pensar, agir e medir com relação à gestão financeira.