Logo Projeto DSD Consultores

Administração, Finanças, Fluxo de Caixa - 08/06/2015

A importância do Fluxo de Caixa em seu negócio

O Fluxo de Caixa lhe permite controlar a liquidez do negócio, ter uma visão ampla do seu caixa e uma previsão do futuro.

fluxo de caixa

Atualizado em  21/10/2021 – Geralmente quando se fala sobre a importância do Fluxo de Caixa, o termo é associado puramente ao controle de entradas e saídas de dinheiro. Pouco se sabe sobre o seu real papel no financeiro, pois as pessoas apresentam certa rejeição ao assunto de finanças. O desconforto diante do tema acontece porque vivemos em uma sociedade pouco preparada para administrar negócios.

A questão é que as finanças sempre estiveram presentes na vida do brasileiro, seja em um negócio próprio, no lar ou na mesada da infância, mas as pessoas não tiveram oportunidade de aprender a lidar com essas finanças. Entretanto, o fato de não termos recebido educação financeira no período escolar não pode ser uma limitação na hora de administrar a empresa.

Engano sobre o que quebra as empresas

O primeiro passo para quebrar essa barreira, é entender que o Fluxo de Caixa não é apenas um monte de números. É um método para assumir o controle da liquidez do seu negócio. Por isso, não se restringe a uma ferramenta para registrar quanto se tem no caixa. Quando elaborado de forma correta, o Fluxo de Caixa permite que você passe a ter uma visão ampla do seu caixa. Além disso, possibilita adquirir a capacidade de prever o que irá acontecer nos próximos meses.

O que quebra as empresas não é a falta de lucro (durante um espaço curto de tempo), mas a falta sistemática de liquidez, que é a capacidade de honrar os pagamentos (custo / despesas) nas datas de vencimento, sem a necessidade de atrasar pagamentos a fornecedores, instituições financeiras ou fisco, sócio(s) fazer(em) aporte de capital, vender parte do imobilizado, recorrer a empréstimos de terceiros ou utilizar cheque especial. Com esta análise do caixa você poderá ajustar as datas dos pagamentos e dos recebimentos, decidir se é hora de investir ou se é melhor evitar certos gastos e identificar as reais necessidades da sua empresa. É aí que está o segredo para começar a controlar o seu negócio!

Importância do Fluxo de Caixa: a prática e os resultados

Mas como fazer isso tudo funcionar? Simples:

  • alimentando diariamente o seu Fluxo de Caixa com as informações sobre as entradas e saídas de dinheiro;
  • utilizando um plano de contas gerencial;
  • fazendo conciliação bancária;
  • comparando o previsto com o realizado;
  • avaliando os prazos médios de pagamentos e recebimentos; e 
  • acompanhando, através do saldo diário, a situação de liquidez da empresa.

Quando o Fluxo de Caixa deixa de ser encarado como uma simples “planilha de números” e passa a ser utilizado como um método gerencial de administração financeira, o empresário assume real controle de suas finanças. Só assim ele conquista a liberdade necessária para dedicar-se ao seu negócio sem dor de cabeça.

Portanto, se você ainda não utiliza o Fluxo de Caixa na gestão do seu negócio, ou se o controle é feito ocasionalmente, reconsidere sua forma de administrar. Somente com um acompanhamento diário do Fluxo de Caixa você terá verdadeiro controle da liquidez da sua empresa e conseguirá se prevenir para não perder mais dinheiro com o seu negócio.

Na falta desta educação, a única alternativa que sobra é aprender por tentativa de erro e acerto, sendo que, na maioria das vezes, o custo deste aprendizado é alto.

Bons negócios!

Leia também

O que é Fluxo de Caixa

Escrito por:
Francisco Barbosa Neto

Diretor da DSD Consultores, iniciou sua atividades em 1989 com atuação em Gestão Empresarial. Como consultor, tem ajudado as pessoas a não perderem dinheiro com o seu negócio, mostrando uma nova maneira de pensar, agir e medir com relação à gestão financeira.