Logo Projeto DSD Consultores

Administração, Finanças - 24/01/2020

Procurando uma saída para a dificuldade do empreendedor

Só com propósito, conhecimento e atitude é possível encarar a dificuldade do empreendedor e vencer a crise.

Qual é a maior dificuldade do empreendedor brasileiro atualmente? Falta de crédito, vendas em baixa, pesada carga tributária, situação política desfavorável… E se eu lhe disser que, na verdade, esses não são os maiores problemas, você vai acreditar?

Em minhas palestras, várias pessoas participam para entender como administrar financeiramente seu negócio, mas muitas vêm por um impulso, quase instintivo, de buscar socorro por algo que as angustia e há muito tempo fugiu de seu controle.

Por incrível que pareça, os três principais fatores que movem essas pessoas são não conhecer os números do seu negócio, a falta de esperança e a sua situação emocional que, a essa altura, já está na sola do pé! E a maioria não fala a ninguém, por fraqueza ou vergonha.

A descoberta da minha própria dificuldade

Alguns anos atrás eu precisei parar um pouco para rever uma série de conceitos em minha vida, refletindo sobre cada uma das minhas inquietações, e descobri que a mente navega em duas regiões distintas (passado ou futuro), deixando o presente de lado. A solução que adotei foi aprender a manter a mente vazia, usar a minha intuição e conversar com meu coração. A partir daí as ideias foram surgindo!

Isso não quer dizer que já resolvi todos os meus problemas, mas passei a encarar os desafios do dia a dia de uma forma diferente. Descobri que tudo tem sempre um fim, pois “não há mal que sempre dure nem bem que nunca acabe”. Ou seja, para tudo existe uma solução. Com base nessa experiência pessoal eu quero deixar quatro sugestões:

Identificação do propósito

A primeira é descobrir o seu propósito de vida, aquilo que justifica você levantar bem da cama todo dia, para fazer o seu melhor e sente que precisa levar adiante para ajudar outras pessoas. Ele não é criado, ele é escavado; e descobri-lo depende, única e exclusivamente, da sua disposição em procurá-lo dentro de si mesmo.

Compreensão do negócio

A segunda é definir o seu negócio. Entenda, porém, que o seu negócio não é comprar ou vender, mas saber como resolver o problema das pessoas para suprir uma dor, necessidade, ou desejo. Quando você compreender realmente qual é o verdadeiro objetivo do seu negócio, passará a transmitir uma mensagem diferente para seus clientes e colaboradores, tornando perceptível o seu objetivo de acolher o seu público e lhe entregar valor agregado.

Estudo constante

A terceira é ler e estudar bastante, pois a educação é a base do sucesso de qualquer negócio. A informação está à disposição de todos, seja na internet, em bibliotecas públicas, em salas de espera e até no lixo do prédio. E, quando comparada com a sua experiência própria, se transforma em conhecimento, que é de foro íntimo.

Mão na massa

A quarta é pôr a mão na massa. Para isto é necessário ter foco, diretriz e trabalhar com pessoas que gostem de servir.

A verdadeira dificuldade do empreendedor

Porque só com propósito, conhecimento e atitude é possível transformar os sonhos em realidade. Portanto, não caia na tentação de achar que as outras pessoas são melhores e têm mais oportunidades que você! Até porque, geralmente, isso não é verdade.

Tudo depende da forma como encaramos os fatos. Pois, no final das contas, o maior obstáculo a ser vencido quando algo vai mal no negócio, é a dificuldade do empreendedor lidar com suas próprias emoções.

Imagem de Pixabay por Pexels.

Escrito por:
Francisco Barbosa Neto

Diretor da DSD Consultores, iniciou sua atividades em 1989 com atuação em Gestão Empresarial. Como consultor, tem ajudado as pessoas a não perderem dinheiro com o seu negócio, mostrando uma nova maneira de pensar, agir e medir com relação à gestão financeira.